Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Aparecida de Fátima Bueno

email: 
fabueno@usp.br
Foto: 
Resumo: 

Aparecida de Fatima Bueno concluiu o doutorado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas em 2000. Atualmente é Professora Associada da Universidade de São Paulo. Realizou Pós-Doutoramento na Universidade de Lisboa (2004-2005), com bolsa da Fapesp. Publicou inúmeros artigos em periódicos especializados e inúmeros trabalhos em anais de eventos, tanto no Brasil como no exterior. Possui diversos capítulos de livros e 2 livros publicados. Tem orientado trabalhos em nível de iniciação científica, mestrado e doutorado. Suas pesquisas exploram as relações entre Literatura, História e Cultura, com enfoques na Literatura Portuguesa Oitocentista e Contemporânea, além dos diálogos entre Literatura e Cinema. Atua na área de Letras, com ênfase em Literaturas de Língua Portuguesa. 

Projeto: 

Entre o Passado e o Presente: um estudo do Orientalismo Literário Português na segunda metade do Século XIX

O projeto situa-se na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e intenciona analisar as representações do Oriente em obras de importantes escritores portugueses da segunda metade do século XIX. Nomeadamente, Camilo Castelo Branco (1825-1890), Manuel Pinheiro Chagas (1842-1895), Antero de Quental (1842-1891) e Eça de Queirós (1845-1900). Desejamos entender de que forma o Oriente é representado na literatura portuguesa metropolitana produzida neste período. Como principais pilares teóricos, nos apoiamos nas teorias orientalistas - principalmente as de Raymond Schwab (1950) e Edward Said (1978) -, no momento histórico-cultural de Portugal e suas colônias, e na fortuna crítica destes escritores. Realizaremos uma análise comparativa das obras destes nomes que, especificamente, compreende, de Camilo Castelo Branco, o romance O Senhor do Paço de Ninães (1867); de Pinheiro Chagas as novelas A Marquesa das Índias (1890) e A Descoberta da Índia contada por um Marinheiro (1891); de Antero de Quental, sua produção poética e alguns de seus textos de prosa, como "As Causas da Decadência dos Povos Peninsulares nos Últimos Três Séculos" (1871). Uma vez que um estudo anterior acerca das representações orientais em Eça já foi realizado por nós no âmbito do mestrado, intencionamos retomá-lo e aprofundá-lo à medida que nos ajude a iluminar o tema na obra dos três outros autores acima citados. (AU)

Heterodoxias nas Literaturas de Língua Portuguesa

A origem da palavra heterodoxia, do grego heteródoxos, tem em sua matriz uma concepção de oposição ao orthódoxos: heterodoxo é o que é não ortodoxo, que se contrapõe a uma religião ou doutrina. Na cultura portuguesa há toda uma tradição, que remonta às origens literárias, de perspectiva heterodoxa em relação ao cristianismo, e que é possível de se investigar também nas outras literaturas de língua portuguesa com as quais Portugal, por motivos históricos, mantém estreita relação. Entretanto, o conceito de heterodoxia ultrapassou o campo religioso e se estendeu também para outras manifestações doutrinárias. O objetivo desta pesquisa é a análise de construções heterodoxas nas Literaturas de Língua Portuguesa, a partir de manifestações quer literárias, quer instauradoras de outros tipos de discursos

Literatura, Cinema e Cultura dos países de Língua Portuguesa: Intersecções

O objetivo desta pesquisa é analisar como se dá a tríplice relação Literatura, Cinema, Cultura, focando particularmente o universo dos países de língua portuguesa. De início, pretende-se abranger dois aspectos: 1. a partir da filmografia de Manoel de Oliveira, refletir sobre a releitura que o cineasta faz sobre os grandes mitos culturais e/ou episódios históricos que ajudam a compor uma certa imagem de seu país; 2. através, sobretudo, da adaptação para o cinema de textos clássicos da literatura oitocentista de língua portuguesa, refletir sobre o entrelaçamento das duas formas de expressão, bem como sobre os vários contextos culturais imbricados tanto na obra matriz como na obra final resultante da transposição intersemiótica.

Áreas: 
Literatura Portuguesa
Linha de Pesquisa: 

1.Estudos Culturais 2.Literatura e religião 3.Literatura e história nos países de língua portuguesa 4.Textos, Contextos e intertextos