Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Atividades de Estágio em Língua Portuguesa (Licenciatura em Letras)

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS

Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas

 

DISCIPLINA: Atividades de Estágio em Língua Portuguesa (Licenciatura em Letras)

Professor Responsável: Profa. Dra. Maria Inês Batista Campos

 

Créditos: 60h

Semestre ideal: 7

Nº máximo de alunos por turma: 30

 

1.       OBJETIVOS

a) Incentivar os estudantes de graduação a atuar na educação básica, especialmente, no ensino fundamental II e médio, desenvolvendo uma articulação entre o conhecimento acadêmico e a sala de aula;

b) Integrar o aprendizado de língua portuguesa nos cursos de graduação de Letras, tanto nos conteúdos referentes às línguas falada e escrita, quanto ao uso da linguagem como constitutiva das interações socioculturais;

c) Compreender que o processo ensino/aprendizagem envolve, por parte do professor, o domínio dos objetivos da disciplina e o conhecimento de várias concepções de linguagem e de gramática e que o domínio desse conhecimento está associado à reflexão que se pretende propor no planejamento de aulas de Português para o Ensino Médio e para seu exercício;

d) analisar criticamente os diferentes materiais didáticos de língua portuguesa aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e Programa Nacional do Livro Didático para Ensino Médio (PNLEM) e elaborar propostas de transposição didática de tópicos específicos do conteúdo de língua portuguesa para os ensinos fundamental e médio.

 

2.       PROGRAMA RESUMIDO

Propostas de atividades de transposição didáticas sequenciadas sobre aspectos fundamentais da língua portuguesa (discurso, texto e gramática) e sua relação com o ensino.

 

3.       PROGRAMA

 

1. Diagnóstico de diferentes teorias linguísticas presentes em livros didáticos do ensino fundamental II

2. Introdução à teoria do enunciado concreto e do gênero do discurso

3. Critérios de avaliação e parâmetros para elaboração de materiais didáticos

4. Materiais didáticos presentes no ensino de língua portuguesa (livro didático, apostilados, cadernos etc.)

5. Práticas de produção oral em atividades didáticas

6. Ensino de gramática numa abordagem linguístico-enunciativa

7. Leitura e produção de textos escritos variados em propostas didáticas

 

4.       MÉTODOS UTILIZADOS

  1. Exposição teórico-expositivas;
  2. Seminários
  3. Atividades dirigidas: análises de coleções de materiais didáticos para o Ensino Fundamental e Médio

 

 

 

 

5.       CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

  1. Produção de 2 resenhas, resultado da participação nas atividades do laboratório didático de língua portuguesa;
  2. Seminário oral: resultado de pesquisa em livros didáticos com análise de sequência didática pré-definida pelo grupo com a professora (escolha de coleção de circulação em escolas públicas e/ou privadas);
  3. Monografia: produção de uma sequência didática para o ensino de Língua Portuguesa (prática oral ou gramática ou produção de texto escrito). Perspectiva teórica à escolha do aluno.

Entrega em três etapas:

1ª) seleção da coleção, definição da série, do tema, da unidade; justificativa e bibliografia; (02/09)

2ª) pré-análise;  (07/10) 3ª) entrega final (24/11).

 

6.       NORMAS DE RECUPERAÇÃO
CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO E ÉPOCAS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS OU TRABALHOS)

A recuperação deverá ser realizada no período indicado no calendário da Faculdade. Trabalhos serão indicados pelo professor.

 

7.       BIBLIOGRAFIA

BAKHTIN, M. (VOLOCHINOV) (1929) Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara F. Vieira. 7 ed. São Paulo: Hucitec, 1995.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BASTOS, N.B. (org.) Língua Portuguesa: uma visão em mosaico. São Paulo: IP-PUC-SP/EDUC, 2002.

BENTES. Anna C. Linguística Textual. In. Mussalin F. e Bentes, A. C. (orgs.) Introdução à Linguística. S. Paulo: Cortez, 2001, v. 1.

BRAIT, B. PCNs, gêneros e ensino de língua: faces discursivas da textualidade. In: ROJO, R. (org) A prática de linguagem em sala de aula – praticando os PCNs. São Paulo: EDUC, Campinas: Mercado de Letras, 2000.p.15-26.

BRAIT, B. (org.) Bakhtin, dialogismo e polifonia. São Paulo: Contexto, 2009.

_______.  Bakhtin e o Círculo. São Paulo: Contexto, 2009.

BRANDÃO, H.(org) Introdução. In: Gêneros do discurso na escola. São Paulo: Cortez, 2000, vol. 5.

BUNZEN, C. & MENDONÇA, M. Português no ensino médio e formação do professor. São Paulo: Parábola, 2006.

CAMPOS, Maria Inês B. A questão da arquitetônica em Bakhtin: um olhar para materiais didáticos de língua portuguesa. Rev. Filologia e Linguística Portuguesa. 14, 2, 2012, p. 245-261.

_______. Ensinar o prazer de ler. São Paulo: Olho d’Água, 2003.

CAMPOS, M.I. & ASSUMPÇÃO, N. Tantas linguagens: língua portuguesa, literatura, produção de textos e gramática em uso no ensino médio. Vol.1. São Paulo: Scipione, 2007.

______.  Tantas linguagens: língua portuguesa, literatura, produção de textos e gramática em uso no ensino médio. Vol.2. São Paulo: Scipione, 2007.

______. Tantas linguagens: língua portuguesa, literatura, produção de textos e gramática em uso no ensino médio. Vol.3. São Paulo: Scipione, 2007.

CASTILHO, A .T. A língua falada no ensino de português. São Paulo: Contexto, 1998.

CEREJA, W. R. Gramática: interação, texto e reflexão - uma proposta de ensino e aprendizagem de língua portuguesa nos ensinos fundamental e médio. In: BASTOS, N.B. (org.) Língua Portuguesa – uma visão em mosaico. São Paulo: IP-PUC-SP/EDUC, 2002.p. 247-254.

_______. Ensino de língua portuguesa: entre a tradição e a enunciação. In. HENRIQUES, C.C.; PEREIRA, M.T.G. (orgs.) Língua e transdisciplinaridade: rumos, conexões, sentidos. São Paulo: Contexto, 2002, p. 153-165.

CUNHA, C. & CINTRA, L. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 2ª ed. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1985.

DIONISIO, A. P. e BEZERRA, M. A. O livro didático de português. Rio de Janeiro: Lucerna, 2001.

FARACO, C.A. & CASTRO, G. Por uma teoria linguística que fundamente o ensino de língua materna (ou de como apenas um pouquinho de gramática nem sempre é bom). Educar em revista. UFPR, vol. 15, 1999, acesso online.

FARIA, M. Alice (1992) O jornal na sala de aula. São Paulo: Contexto.

FÁVERO, L. L.; ANDRADE, M. L. C. V. O.; AQUINO, Z. G. O. Oralidade e escrita: perspectivas para o ensino de língua materna. 5ª. ed., São Paulo: Cortez, 2005.

Guia de livros didáticos PNLD 2011, Língua Portuguesa. MEC: Brasília.

ILARI, R. Lingüística e ensino do Português. São Paulo: Martins Fontes, 1985.

NEVES, M. H. de M. Que gramática ensinar na escola? Norma e uso na língua portuguesa. São Paulo: Contexto, 2003.

POSSENTI, S. Por que (não) ensinar gramática na escola. Campinas: Mercado das Letras: 2002.

PARÂMETROS Curriculares Nacionais. Brasília: Mec/Sef, 1998.

PRETI, D. Oralidade e gíria: como tratá-las no ensino. In: BASTOS, N.B. (org.) Língua Portuguesa – uma visão em mosaico. São Paulo: IP-PUC-SP/EDUC, 2002, p.193-200.

________ Estudos de língua oral e escrita. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004.

_______ Interação na fala e na escrita. São Paulo: Humanitas, 2003.

_______ Léxico na língua oral e na escrita. São Paulo: Humanitas, 2003.

_______ Diálogos na fala e na escrita. São Paulo: Humanitas, 2005.

ROJO, R. (org) A prática de linguagem em sala de aula – praticando os PCNs. São Paulo: EDUC, Campinas: Mercado de Letras, 2000.

SCHNEUWLY, B. & Dolz, J. Gêneros Orais e Escritos na Escola. Campinas: Mercado de Letras, 2004.

TRAVAGLIA, L.C. Para que ensinar teoria gramatical. In: Revista de estudos da linguagem. Fac.Letras UFMG. Vol. 10, n.2. Jul/dez. 2002, p. 135-231.

TRAVAGLIA, L.C. Gramática – Ensino Plural. São Paulo: Cortez, 2003.

VAL, M.G.C. A gramática do texto, no texto. In. In: Revista de estudos da linguagem. Fac.Letras UFMG. Vol. 10, n.2. Jul/dez. 2002, p. 107-133.

VILELA, M. e KOCH, V. I. Gramática da Língua Portuguesa (Gramática da palavra. Gramática da frase. Gramática do texto/discurso). Coimbra: Almedina, 2001.